WEB News

Versão digital do Jornal Impresso INTECH News

Março / Abril / Maio - 2013 / Ano3 / Número 10

DICA CULTURAL

Para não viajar com mala sem alça, o planejamento é essencial

Os brasileiros estão viajando cada vez mais a trabalho e lazer, mas uma coisa não mudou: a dor de cabeça na hora de fazer as malas. Para resolver o problema, uma especialista no assunto mostra a solução. A americana Laurel Cardone, jornalista que escreve para várias publicações de turismo, é autora do livro How to Pack – Experts share their secrets, da editora Fodors. A tradução seria Como fazer as malas – especialistas compartilham seus segredos. O livro está em sua segunda edição, mas as dicas continuam válidas.

• O primeiro passo é a compra da mala ideal. Hoje, com o volume de passageiros em aviões e ônibus, a melhor escolha é para as bagagens pequenas, que podem acomodar as roupas necessárias para os dias de deslocamento e que possam ser levadas na cabine do avião ou no bagageiro dos ônibus. As de rodinha são as ideais, porque facilitam o deslocamento. Alguns modelos permitem acomodar roupas e laptop para quem vai usá-lo (quem não precisa ou vai para um local onde tenha acesso a computadores, a orientação é deixar o aparelho em casa). Mochilas também são uma boa escolha para deslocamentos rápidos. A grande dica de Laurel, nesse caso, é observar o exemplo de viajantes experientes. Pergunte e aprenda com os erros de quem já comprou uma mala inadequada.

• Planejamento: embora a maior parte das pessoas faça a mala no dia anterior, quem planeja o que vai levar, carrega menos peso e não esquece o indispensável. A dica é considerar os dias que vai passar no local de destino, consultar a previsão do tempo e verificar a infraestrutura de onde vai se hospedar. Uma viagem a trabalho a Curitiba, dormindo num hotel de rede conhecida será bem diferente do deslocamento para uma obra no interior do Pará, onde as acomodações podem ser as dos profissionais residentes. Em todos os lugares, porém, haverá pelo menos um lavatório. Então, roupas de baixo e meias podem ser levadas em menor número e lavadas diariamente.

• Monte um kit de viagem. Laurel aconselha a manter um kit pronto, contendo sabonete, xampu, creme de barbear para os homens, um conjunto de costura e uma pequena caixa de primeiros socorros. Tudo isso, é claro, em escala bem reduzida. Hoje é possível encontrar embalagens de viagem para todos esses itens. E para quem ficou num bom hotel a dica é guardar os kits que fazem parte da diária para outras viagens onde a hospedagem seja mais rústica. Um kit de documentos separado, bloco de anotações e caneta também é bem-vindo.

• Em uma era de equipamentos eletrônicos e internet, a mala do viajante a trabalho precisa considerar a necessidade de carregadores de notebook e celular. Se, e somente se, for preciso levar os aparelhos.

• Monte a mala de forma otimizada, aproveitando todos os espaços. É o caso de colocar as meias dentro dos sapatos.

CONTEÚDO EXCLUSIVO DO SITE

Projeto no Brasil envolve uso de tablets





Veja as dicas

O site americano HowStuffWoks (veja versão em português em http://viagem.hsw.uol.com.br/mala-de-viagem.htm) também mostra os segredos de arrumar a bagagem. Acompanhe as dicas (texto adaptado):

• Separar objetos de uso obrigatório - óculos, lente de contato, remédios, escova e pasta de dentes numa mala de mão, passagens e documentos, uma muda de roupa para imprevistos e objetos de valor;

• Embale produtos líquidos em sacos plásticos, esse cuidado evita que roupas sejam manchadas em caso de vazamentos. Ganhe espaço usando embalagens reduzidas para xampus, condicionadores e perfumes;

• Opte por roupas versáteis, que possam ser usadas de dia ou de noite e que permitam combinações;

• Escolha uma mala com rodinhas. No final da viagem, quando a mala certamente estará mais pesada, elas vão fazer diferença;

• Embale meias e roupas íntimas em saquinhos de tela ou de pano e coloque-os dentros dos sapatos;

• Coloque no fundo da mala os sapatos embalados em saquinhos;

• Coloque as calças sobre os sapatos com as pernas para fora da mala. Você só vai dobrá-las depois de colocar as outras peças. Elas não ficarão amassadas;

• Vire casacos e paletós do avesso e, com as mangas para dentro, dobre-os ao meio uma vez e coloque-os sobre as calças;

• Vestidos e saias também vão do avesso, dobrados ao meio, sobre os casacos e os paletós;

• Enrole camisetas e blusinhas e arrume-as sobre as saias e os vestidos;

• Enrole os cintos e os acessórios e coloque-os nos vãos livres. Se a viagem for de avião, não esqueça de colocar também os objetos pontiagudos embalados: alicates, tesourinha e lâmina de barbear;

• Agora dobre as pernas das calças que estavam para fora, cobrindo assim todas as coisas colocadas na mala.



O número de viajantes no Brasil e a quantidade de malas

Não há estatísticas consolidadas sobre o mercado de malas no Brasil, mas pelo volume de viajantes dá pra se ter uma ideia aproximada que ele não é pequeno. Segundo a Infraero, companhia estatal que administra os aeroportos com maior movimento no País, quase 100 milhões de pessoas embarcaram em algum voo doméstico ou internacional em 2012. Já no caso dos transportes terrestres, os números também impressionam: somente o rodoviário, usando ônibus (trechos interestaduais e internacionais) movimentaria, em média, 144 milhões de passageiros por ano.

Esse último número vem da ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre) e se refere a 2008, não incluindo os passageiros transportados por ônibus fretados. Ou seja, a quantidade de pessoas usando o transporte rodoviário em viagens deve ser bem maior. E nesta contagem, não estão inclusos os adeptos da viagens de navio, (muito comuns no Nortedeste brasileiro) e em trens (ainda pouco representativo). O que se sabe é que todos usam algum tipo de mala para viajar.

Voltar

ESCRITÓRIO SÃO PAULO

Av. Adolfo Pinheiro, 1010 - cj 52
CEP 04734 002 - São Paulo - SP - Brasil
TEL: 55 (11) 2129-2100
FAX: 55 (11) 2129-2121

ESCRITÓRIO RIO DE JANEIRO

Av. Rio Branco, 156 - cj 1007
CEP 20040-901 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil

Intech Enegenharai Empresa Certificada
Copyright © Intech Engenharia - Todos os direitos reservados.